Dezembro 8, 2022

Agricultura Internacional

Imprensa especializada do Setor Agrário

O novo projeto Horizonte Europa Re-Livestock

O novo projeto Horizonte Europa Re-Livestock – Facilitando Inovações para Sistemas Pecuários Resilientes – está prestes a começar!

O objetivo geral do Re-Livestock é avaliar e mobilizar a adoção de práticas inovadoras aplicadas em escala transversal (animal, rebanho, exploração agrícola, sector e região) para reduzir as emissões de GEE e aumentar a capacidade dos sistemas pecuários para lidar com os potenciais impactos das alterações climáticas.

O projeto Re-Livestock reunirá conhecimentos científicos e co-inovação em diferentes disciplinas, incluindo alimentação animal, reprodução, bem-estar, gestão agrícola, avaliação ambiental e socioeconómica e análise política. O objetivo é desenvolver abordagens integradas inovadoras para diferentes sistemas de lacticínios, bovinos e suínos em diferentes regiões geográficas, no contexto das alterações climáticas.

Uma forte colaboração com as partes interessadas da indústria para identificar as inovações, e para co-desenhar o processo de validação, assegurará a relevância e maximizará a adoção das melhores práticas. Grupos nacionais de agricultores (estudos de caso) e ‘fóruns de partes interessadas’, juntamente com uma ‘plataforma europeia multiactores’, permitirão um co-design interligada com vias de transição, enquanto que ‘aprender com redes de inovação’ permitirá testar e partilhar soluções inovadoras. As ‘comunidades de práticas’ alargarão a abordagem multiactores a uma vasta gama de partes interessadas.

O projeto desenvolverá 13 estudos de casos nacionais, abrangendo sistemas de suínos, bovinos de leite e de carne, distribuídos por diferentes regiões da Europa. Será utilizada uma dupla escala ‘Agroecologia-intensificação sustentável’ & ‘Mitigação-Adaptação’. Os estudos de caso serão conduzidos por parceiros industriais/intervenientes, em colaboração com um facilitador do projeto, que organizará workshops e conduzirá discussões para identificar problemas e soluções em torno da adoção e implementação de inovações. As aprendizagens dos diferentes casos de estudo serão agrupados e partilhados para compreender se as inovações podem funcionar em diferentes contextos geográficos e socioeconómicos.

O projeto Re-Livestock é financiado pelo programa Horizon Europe. Tem um orçamento total de 13,5 milhões de euros e terá uma duração de 5 anos, com início em setembro de 2022. O projeto é liderado pela CSIC – Agencia Estatal Consejo Superior de Investigaciones Cientificas, de Espanha, e tem um total de 37 parceiros de 14 países europeus diferentes e da Austrália, reunindo uma grande rede de atores de diferentes cadeias de valor do setor pecuário.

O consórcio integra associações de agricultores (AEANI, PFLA, PROVACUNO), empresas de alimentação animal (DSM, AGRIFRIM), uma empresa de sementes (Barenbrug), empresas de reprodução animal (CRV, PIC, ANAS), uma empresa de pecuária de precisão (PCH), consultoras (ICOEL, CONSULAI, Barenbrug), universidades (UNIBO, UPV, UREAD, WU, SLU, AU, UCD, UNIPI, QUB, AERES, UEX, BOKU, UQ) e institutos de investigação aplicada (CSIC, WR, SRUC, FIBL, PIK, MVARC, ORC, Agroscope, IRIAF) e uma organização intergovernamental (CIHEAM-Zaragoza).

Para mais informações, contactar a equipa coordenadora: CSIC – David R. Yañez-Ruiz david.yanez@eez.csic.es ou os contactos nacionais: CONSULAI – Carolina Ramos | cramos@consulai.com  ; MVARC – Jo Smith | josmith@mvarc.eu 

Translate »