Agosto 1, 2021

Agricultura Internacional

Imprensa especializada do setor agrário

Alimentaria Barcelona reagendada para 17 a 20 de Maio de 2021

3 min read

Alimentaria será realizada em maio de 2021, de dia 17 a 20 de acordo com o setor, com o objetivo de alcançar o máximo de participação e internacionalidade

A feira bienal Alimentária Barcelona é uma feira líder e à qual desde a sua primeira edição em 1976, viveu em constante progressão tanto em número de visitantes como de expositores e sua qualidade se incrementou em paralelo à da indústria alimentária espanhola. O apoio e a fidelidade dos profissionais do setor permitiram que Alimentaria superasse a simples exposição de produtos para converter-se numa plataforma de informação e promoção do setor alimentício.

A próxima edição da Alimentaria, feira de alimentos, bebidas e foodservice mais importante da Espanha e uma das mais importantes da Europa, acontecerá de 17 a 20 de maio de 2021. A Feira de Barcelona está acertada com o fechamento do novo setor – evento, respondendo à pietión das principais empresas e associações do setor e com o objetivo de celebrar o próximo ano com a maior participação e internacionalidade possíveis.

A Comissão Organizadora do Salão, composta pelas principais associações e empresas do setor, decidiu recentemente alterar esta situação no calendário atual tendo em conta as características e necessidades da indústria no atual contexto derivado da pandemia, bem como a magnitude e internacionalidade de um evento que em sua última edição, junto com a Hostelco, reuniu 4.500 empresas e 150.000 visitantes profissionais, 25% de origem internacional.

O presidente da Alimentaria, Josep Lluís Bonet, sugeriu que “a decisão partiu do autarca voluntário do setor produtivo e associativo, de apostar na realização do evento num ambiente mais favorável e com tantas limitações na mobilidade internacional. Nosso objetivo é ser sempre uma ótima ferramenta para a indústria, seu projeto e conseguir a melhor edição e participação possível ”.

Por outro lado, o diretor-geral da Fira de Barcelona, ​​Constantí Serrallonga, disse que “escolhemos as novas traseiras para avaliar a situação em profundidade e ouvir o sector, ao qual agradecemos o seu apoio, de forma a garantir o melhor desenvolvimento de um evento tão relevante a nível nacional e internacional, e assim contribuir para a reativação de uma indústria chave para a economia do país ”.

Como tal, atores relevantes da indústria alimentar como o Ministério da Agricultura, Pesca e Alimentação, MAPA; a Federação das Indústrias de Alimentos e Bebidas (FIAB); ICEX Espanha Exportação e Investimentos; a Associação Espanhola de Doces, Produlce; a Associação de Fabricantes e Distribuidores, AECOC; a Meat Business Association, Anafric; e a Federação Empresarial de Carnes e Indústrias de Carnes, Fecic; Entre muitas outras, tem demonstrado satisfação com o movimento de fechamento da Alimentaria por oferecer maiores garantias e preservar o apelo comercial.

Nesse sentido, para J. Antonio Valls, diretor geral da Alimentaria Exposições, “abre-se uma nova etapa que pode vislumbrar uma grande edição para maio de 2021 com a complicação do setor, com alto grau de internacionalização e reativação da demanda. O mercado internacional seria necessário tanto para a indústria quanto para um show adequado ”. Desta forma, a celebração da Alimentaria em maio garante a total internacionalidade do espetáculo, um dos seus grandes patrimónios.

Mais informação AQUI. ←

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Translate »