Dezembro 7, 2021

Agricultura Internacional

Imprensa especializada do setor agrário

Centeio Stannos: o centeio híbrido de grande adaptabilidade

1 min read

É um centeio híbrido de ciclo médio-precoce de alto rendimento e de grande rusticidade e adaptabilidade a terrenos de baixa qualidade, apresentando um comportamento superior a outros cereais em condições idênticas.

Consegue-se um grande rendimento de grão, apesar do excelente comportamento como forrageiro, com maior precocidade ao espigamento e maturação que o resto das variedades híbridas do mercado, o que permite sementeiras ligeiramente mais tardias.

Pela sua resistência ao frio, é recomendado o seu cultivo em zonas de baixas temperaturas médias.

A sementeira pode ser feita desde finais de setembro em zonas mais frias, até finais de outubro em zonas mais quentes, com densidades de sementeira que rondam os 60kh/há (2 doses), apesar de que para forragem ou sementeiras mais tardias, é aconselhado um aumento de 20 a 25% deste valor.

Apresenta um extraordinário afilhamento que permite a obtenção de muito bons rendimentos e uma alta tolerância a doenças como o oídio e a septoriose.

O porte é médio-alto com grande resistência ao acamamento e uma produção de forragem com valores entre os 8-10 Ton/ha fazem com que seja apetecível para o gado, podendo ser associado com leguminosas para o aumento do nível proteico.

Com esta variedade, conseguimos uma excelente adaptabilidade a diferentes condições, maior precocidade, excelente sanidade e altíssimo rendimento.

↓ Saiba mais ↓

1 thought on “Centeio Stannos: o centeio híbrido de grande adaptabilidade

Comments are closed.

Translate »