Setembro 30, 2022

Agricultura Internacional

Imprensa especializada do setor agrário

Redução da adubação mineral graças à biotecnologia

1 min read

Os microrganismos são os grandes aliados da sustentabilidade e rentabilidade da cultura do milho!

Sabe-se hoje que as plantas que crescem em solos ricos em microrganismos são mais capazes de resistir a stresses externos porque os microrganismos são parceiros essenciais nos processos fisiológicos das plantas, pois ajudam a melhorar de forma natural a produtividade e a rentabilidade das culturas.

Assim, a aplicação de biofertilizantes à base de microrganismos, nomeadamente à base de bactérias promotoras do crescimento das plantas (BPCP) é hoje uma alternativa biológica que se destaca pela sua capacidade de melhorar a rentabilidade das culturas e a saúde do solo, utilizando microrganismos que permitem, por exemplo, mineralizar matéria orgânica, solubilizar nutrientes e/ou fixar o azoto ambiental, reduzindo assim a atual dependência de adubos de origem química (…).

→ Para mais informações, adquira a edição de março de 2022 da Revista Voz do Campo.

Translate »