Julho 2, 2022

Agricultura Internacional

Imprensa especializada do setor agrário

A Hinojosa avança na gestão responsável de resíduos com uma valorização superior a 96%

2 min read

A Hinojosa, líder em soluções sustentáveis de embalagem no sul da Europa, avança no seu compromisso com a proteção do meio ambiente.

O grupo fechou 2021 com uma valorização de resíduos de 96,61%, o que representa um aumento de 4,08% em relação ao último número de valorização apresentado, que já era de 92,53%.

As aquisições da Graphicsleader em 2020 e a da Allard Emballages em 2021 foram os marcos iniciais da internacionalização da Hinojosa, contribuindo para a vocação do grupo para aumentar o bem-estar comum com soluções de embalagens sustentáveis

O grupo opera mediante um modelo de Economia Circular, que minimiza a geração de resíduos desde a sua origem e facilita a sua transformação em recursos que se possam integrar no mercado de matérias-primas secundárias. Para tal, realiza análises de situação contínuas com o objetivo de identificar as melhores práticas e de as passar para todas as outras unidades. É um trabalho que a Hinojosa continuará a desenvolver em 2022.

Integração do ambiente no seu modelo circular

A Hinojosa trabalha para apresentar soluções de embalagem sustentáveis que tragam valor acrescentado aos negócios dos seus clientes, para que tenham a máxima satisfação com os seus produtos. Para esse fim, a companhia também colabora ativamente com fornecedores e empresas gestoras, verificando os destinos finais dos resíduos e dando prioridade à valorização energética e à reintrodução dos resíduos como matéria-prima na cadeia de valor.

Além disso, a companhia reutiliza atualmente 100% dos resíduos gerados nos seus processos de fabricação de embalagens.

Pioneiros em “Resíduo Zero”

A Hinojosa foi a primeira companhia do setor do packaging a receber a referência ‘Resíduo Zero’ da Asociación Española de Normalización y Certificación (Associação Espanhola de Normalização e Certificação) (AENOR). Esta certificação é atribuída às organizações que valorizam mais de 90% dos resíduos.

Atualmente, duas unidades do grupo obtiveram este referencial: a unidade de produção de Alquería de Aznar (com uma valorização de 98,86%) e a de Xàtiva (com uma valorização de 99,97%), ambas localizadas na Comunidade Valenciana. O grupo está a avançar para alargar esta certificação a outras unidades.

Translate »