Maio 25, 2024

Agricultura Internacional

Imprensa especializada do Setor Agrário

A Valtra moderniza e expande a sua fábrica de Suolahti (Finlândia)

Produção na Finlândia, eficiente e orientada para o cliente

Os recentes investimentos na fábrica da Valtra na Finlândia Central permitem um serviço ainda melhor ao cliente através de uma maior eficiência de fabrico e melhores condições de trabalho para muitos dos seus 1.200 funcionários.

Grandes melhorias para grandes tractores

A alteração mais significativa na fábrica finlandesa é a nova linha de pintura de 2.000 m2 da Valtra. Este impressionante edifício situa-se imediatamente adjacente à linha de montagem principal. A nova linha de pintura garante a alta qualidade da pintura acabada para os clientes e melhora a eficiência do processo.

Nas novas instalações, as estruturas dos tractores montados são transportadas da linha de montagem para a nova linha de pintura em carrinhos de Veículos Guiados Automaticamente (AGV). As estruturas são depois suspensas e transportadas por transportadores aéreos. Este método de transporte suspenso e o espaço adicional no novo edifício permitem processos mais eficientes de lavagem, secagem, pintura e aplicação de primário.

A linha de pintura original foi construída em 1969 e estava localizada na sala de montagem principal. Embora a tecnologia de pintura tenha evoluído ao longo dos anos, a antiga linha de pintura não era suficientemente grande para acomodar os mais recentes tractores de elevada potência da Valtra – as Séries Q e S. A relocalização da linha de pintura permitiu à equipa da Valtra servir melhor os seus clientes, facilitando um ritmo de produção acelerado que aumenta a capacidade.  Esta mudança também melhora significativamente as condições de trabalho dos funcionários na fábrica de montagem, uma vez que o ruído, o calor e a humidade da antiga linha de pintura foram eliminados.

Mais capacidade e eficiência para a fábrica de transmissões

A fábrica de transmissões da Valtra em Suolahti está também a sofrer uma significativa expansão e modernização. A fábrica produz atualmente transmissões utilizadas nos tractores das Séries N e T e fornece transmissões powershift para o mercado sul-americano e componentes de transmissão para outras instalações da AGCO. No futuro, as transmissões CVT da AGCO utilizadas nas Séries Q e S também serão fabricadas na Finlândia.

Um novo banco de ensaios de transmissões dedicado às transmissões das séries Q e S, permitirá uma maior produção de tractores de elevada potência para satisfazer a crescente procura dos clientes.

Outros investimentos recentes que melhoram os resultados para os clientes incluem o novo sistema de fabrico automatizado Flexible Manufacturing System (FMS) 5 que está ligado ao armazém de materiais e aos centros de maquinagem de última geração. Este novo sistema assegura uma qualidade consistente, permitindo também maiores capacidades. Três centros de maquinação adicionais completarão o FMS no início de 2024.

A Directora de Produção da Valtra EME, Tiina Herlevi, sublinha a importância de uma produção segura, fiável e de alta qualidade em Suolahti: “Estamos a investir em tecnologia que melhora a qualidade do produto e o rendimento da produção para os clientes, ao mesmo tempo que melhoramos a segurança e as condições de trabalho da nossa equipa. Com uma maior automatização e maquinação de precisão, os nossos operadores podem trabalhar num ambiente mais limpo e silencioso.”

Investir nas capacidades de R&D

As equipas de engenharia da Valtra irão beneficiar dos resultados dos testes mais rápidos, quando um novo centro de validação for inaugurado na segunda metade de 2024. O edifício de 850 m2 com controlo climático total permitirá testar tractores completos ou módulos individuais em condições extremamente quentes ou frias e vários níveis de humidade do ar – independentemente do tempo no exterior.

“O novo centro de validação permite tornar mais eficientes os processos de engenharia e investigação, o que é benéfico tanto para os nossos clientes como para os nossos colaboradores. Em breve, poderemos testar com precisão os módulos do trator sob carga e em temperaturas extremas durante todo o ano, aqui em Suolahti. Esta mudança irá acelerar o desenvolvimento e o teste de, por exemplo, futuras fontes de energia e tecnologias em temperaturas extremas ou tecnologias de gestão térmica da cabina”, comenta o Diretor de Engenharia da Valtra, Henry Palonen.

Visitas à fábrica da Valtra

Estão disponíveis visitas à fábrica e visitas para grupos especiais. Durante as visitas, os clientes podem ver em primeira mão muitas destas melhorias recentes, bem como o centro de visitantes e a loja recentemente renovados, localizados no edifício Atrium. Os clientes também podem visitar o renovado Valtra Unlimited Studio, localizado junto à linha de comboio dedicada pela qual os tractores saem da fábrica, e o centro AGCO Reman, que fornece motores, transmissões e peças remanufacturadas aos clientes da Valtra.

A Valtra continua a melhorar a eficiência e a sustentabilidade na sua produção. Desde 2022, a fábrica funciona com 100% de energia renovável e tem vindo a utilizar gasóleo renovável nos testes e nos primeiros abastecimentos dos tractores há mais de cinco anos. Para saber mais sobre a produção sustentável na fábrica da Valtra em Suolahti, visite https://www.valtra.com/sustainability/our-operations.html

Translate »