Maio 25, 2024

Agricultura Internacional

Imprensa especializada do Setor Agrário

Novo projeto europeu para desenvolver estratégias inovadoras e sustentáveis para obter cereais resilientes ao clima

Foi recentemente assinado, o projeto europeu “BOOSTER”, financiado pela Comissão Europeia no âmbito do programa Horizonte Europa.

O BOOSTER visa melhorar a tolerância à seca nas culturas de milho e de teff, enquanto explora o potencial para transferir as características de resposta à seca específicas das espécies. Ao explorar variações genéticas naturais para obter genótipos tolerantes à seca e desenvolver “bioestimulantes vegetais” derivados de organismos vivos, o BOOSTER aproveitará os recursos naturais disponíveis para desenvolver novas variedades de culturas agrícolas tolerantes à seca. O projeto de 4,9 milhões de euros é financiado pelo programa-quadro Horizonte Europa da Comissão Europeia e terá a duração de 4 anos.

Duas estratégias sinérgicas serão implementadas para atingir este objetivo. Em primeiro lugar, uma nova abordagem identificará as variantes genómicas em regiões normalmente associadas à tolerância à seca. Novos elementos regulamentares subjacentes à resiliência informarão sobre os esforços mais eficazes para criar variedades de cereais tolerantes à seca. Em segundo lugar, a BioAtlantis Ltd. (Irlanda) e a Aphea.Bio (Bélgica), respetivamente, desenvolverão novas tecnologias de “priming molecular” a partir de algas marinhas e bioestimulantes de origem microbiana, com uma abordagem ecológica para melhorar a resiliência à seca. As duas estratégias serão testadas em dois cereais com diferentes graus de resposta à seca: o milho europeu e o teff etíope, um cereal com grande semelhança genética com a espécie irmã Eragrostis nindensis, tolerante à dessecação.

O consórcio BOOSTER é formado por uma equipa altamente qualificada representada por académicos e indústria europeus e internacionais (EUA, África do Sul, Etiópia) para garantir coletivamente que os impactos esperados sejam alcançados num futuro próximo. Os parceiros do projeto incluem Consiglio per la Ricerca in agricoltura e l’analisi dell’economia agraria (coordenador do projeto; Itália), Universidade Heinrich Heine Düsseldorf (Alemanha), Vlaams Instituut voor Biotechnologie (Bélgica), Instituto Etíope de Pesquisa Agrícola (Etiópia), Universidade da Cidade do Cabo (África do Sul), Centro de Biologia e Biotecnologia de Sistemas Vegetais (Bulgária), BioAtlantis Limited (Irlanda) Aphea.Bio (Bélgica), EU CORE Consulting S.r.l. (Itália) e IDCONSORTIUM SL (Espanha).

A Booster também inclui os seguintes parceiros associados: Universitaet Bern (Suíça), Michigan State University (EUA), KWS SAAT SE & Co KGaA (Alemanha) e Quantis (Suíça).

Para mais informações sobre o projeto BOOSTER (ID do projeto UE: 101081770), visite: https://boosterproject.eu

Translate »