Junho 22, 2024

Agricultura Internacional

Imprensa especializada do Setor Agrário

10 macrotendências que moldarão a agricultura na Europa nos próximos meses

A BKT descreve as 10 macrotendências que irão moldar o mundo da agricultura na Europa nos próximos meses.

Embora a indústria agrícola seja fortemente influenciada por múltiplos fatores e a elaboração de previsões pareça ser uma questão verdadeiramente complexa, a BKT – um ator principal na agricultura global – fornece uma visão geral do que pode acontecer durante o curso de 2024 a nível europeu.

Historicamente falando, há muitos fatores que tiveram influência no setor agrícola: Em primeiro lugar, a instabilidade climática, as crises geopolíticas que afetam o mercado agroalimentar e, consequentemente, têm impacto em tudo o que gira em torno da produção e do setor agroindustrial. Uma combinação de elementos que resultam numa previsibilidade difícil e num elevado risco de empreendimento empresarial.

Traçar tendências na agricultura é, por conseguinte, excecionalmente difícil. No entanto, a BKT, fabricante líder mundial de pneus Off-Highway para várias indústrias, com foco especial na agricultura, sempre esteve atenta a tais tópicos. Auxiliada por dados históricos de anos anteriores, a empresa analisou cuidadosamente as tendências do setor com o objetivo de fornecer um decálogo das macrotendências que definirão a agricultura em 2024.

#1 – Aumento da lavoura de conservação

Apoiadas pelas políticas da UE, a mobilização mínima do solo e o plantio direto sofrerão uma aceleração acentuada durante o ano que agora começou. A agricultura regenerativa dá prioridade à perturbação mínima do solo, enfatizando o aumento da biodiversidade do solo e a regeneração da camada superior do solo. Esta abordagem engloba várias técnicas, como o plantio direto, lavoura reduzida, rotação de culturas e muitas outras.

#2 – Aumento dos preços de algumas culturas arvenses

Apesar dos preços de mercado altamente voláteis, é possível assumir um futuro aumento de preços a nível europeu em algumas culturas: as mais prováveis são o milho, a cevada, o trigo e a soja. Esta tendência ascendente dos preços estaria em grande parte ligada à procrastinação dos conflitos geopolíticos em curso, em combinação com uma possível contração da produção no estrangeiro.

#3 – Disseminação de culturas de cobertura

As chamadas culturas de cobertura são normalmente utilizadas para aumentar a fertilidade do solo e combater o custo das práticas de fertilização química. Também crescerá o possível rendimento das culturas de silagem, particularmente da produção de alfafa

#4 – Luz verde para a utilização de glifosato até dezembro de 2034

No entanto, a manutenção do método convencional de gestão de infestantes não terá impacto na produção alternativa e biológica, que continua a crescer de forma constante e acentuada.

#5 – Uso mais extensivo de tecnologias de agricultura de precisão

Espera-se um uso mais difundido de soluções digitalizadas na agricultura, especialmente ao nível de entrada, que são fáceis de implementar e acessíveis, com o objetivo de permitir que os agricultores definam quantidades precisas de água, pesticidas e fertilizantes, otimizando a qualidade do rendimento e a produtividade.

#6 – Diminuição do trabalho do solo tradicional

Em benefício da cultura de mobilização mínima para um ano que ainda se prevê que tenha pouca chuva.

#7 – Crescimento da tecnologia de taxa variável na agricultura de precisão

A VRT permite a aplicação de água, nutrientes e outros fatores de produção em taxas variáveis num campo. Assim, deixa de haver a necessidade de fazer várias passagens numa área ou de mudar constantemente as configurações de taxa nas máquinas.

#8 – O mercado de tratores agrícolas usados continua forte

Esta tendência ganha terreno com a protelação presente na introdução da revisão dos equipamentos agrícolas, enquanto a procura de novos tratores está a diminuir após o “boom” de vendas registado nos últimos anos.

#9 – Ligeiro crescimento no mercado de dispositivos IoT

Equipados com vários sensores que podem recolher e transmitir dados em tempo real, a fim de lidar com tarefas tão diversas como monitorizar a temperatura do solo, humidade, gado e plantas. A IoT também simplifica a monitorização remota de explorações agrícolas, reduzindo custos e permitindo intervenções mais precisas.

#10 – Transição energética

Veremos um crescimento decisivo da oferta em mudança nos acionamentos de componentes de máquinas e equipamentos agrícolas em geral: os controlos hidráulicos e mecânicos serão unidos, ou mesmo substituídos, por soluções totalmente elétricas.

Assim, será um ano cheio de incógnitas, mas que acompanhará os desenvolvimentos relacionados com as novas tecnologias, que terão um impacto cada vez mais significativo na agricultura e na sustentabilidade ambiental. É, aliás, o tema da sustentabilidade que manterá o seu papel central, a par de elementos como a identidade, o território, a inovação e o desenvolvimento – valores nos quais, aliás, também a BKT assenta as suas raízes.

Translate »