Maio 25, 2024

Agricultura Internacional

Imprensa especializada do Setor Agrário

Nova solução Bioiberica para as culturas lenhosas em anos de incerteza

O novo bioestimulante microbiano da Bioiberica,Terra-Sorb radicular SymBiotic®, responde à pressão sobre o agricultor para produzir mais com menos.

Os objetivos definidos pela Comissão Europeia, as exigências da sociedade e dos grandes grupos de distribuição, a escassez estrutural de água para fertirrigação e a sua contaminação devido ao uso abusivo de fertilizantes azotados sintéticos, bem como as flutuações nos custos destes fatores de produção devido a causas geopolíticas, tornam essencial a produção de produtos que melhorem a saúde do solo como meio de sustentação e nutrição das culturas, que fazem da rizosfera uma área onde as árvores maximizam a assimilação de água e nutrientes para a produção de colheitas abundantes, apesar da redução dos insumos dos fertilizantes tradicionais. O novo bioestimulante microbiano da Bioiberica, Terra-Sorb radicular SymBiotic®, responde à pressão sobre o agricultor para produzir mais com menos.

Realizações e limitações do setor de culturas lenhosas

Estamos a chegar ao fim do primeiro quartel do século XXI e há uma situação muito complexa para a agricultura em geral e para a olivicultura em particular. Por um lado, temos realizações muito notáveis que tiveram um impacto muito positivo graças aos esforços feitos pelo setor ao longo dos últimos 40 anos. Para citar alguns, a melhoria na indústria de extração de petróleo ou a melhoria da produção pelos agricultores, com grandes investimentos de cooperativas e empresas, bem como nos diferentes equipamentos e técnicas de cultivo. Além disso, a melhoria no marketing que, após anos de diferentes campanhas de marketing e publicidade, conseguiu garantir que o azeite é considerado nacional e internacionalmente como um alimento de qualidade de grande importância para a saúde humana, bem como alcançar um nível de consumo nunca alcançado.

Por outro lado, temos a expansão internacional da safra, o que provoca certas alterações de preços e qualidades numa economia já totalmente globalizada. A situação político-social geral na Europa também condiciona a produção e, portanto, a rentabilidade do olivicultor. As indicações e normas regulatórias vão no sentido de reduzir o uso de fatores de produção como água, fertilizantes, produtos fitossanitários ou trabalhos agrícolas.

Claro, que também temos de referir a realidade agroambiental que temos vivido nos últimos anos em resultado das alterações climáticas, que tornam cada vez mais difícil a gestão das culturas devido ao stress abiótico que o olival sofre nas diferentes fases fenológicas.

Nessas condições, o produtor deve manter uma operação lucrativa, precisando produzir cada vez mais e de maior qualidade com menos, a fim de realizar uma atividade sustentável.

Neste contexto, a Bioiberica procura fornecer soluções para ajudar os agricultores a atingir os seus objetivos. Os bioestimulantes desenvolvidos pela Bioiberica são reconhecidos na fruticultura por ajudar a maximizar as colheitas, melhorando o desenvolvimento vegetativo, indução floral, floração e frutificação, maturação e rendimento de gordura, e melhorando a resposta a doenças e pragas.

Nova solução Bioiberica para otimização de fertirrigação

Neste artigo vamos mostrar alguns resultados obtidos no trabalho realizado com o nosso novo bioestimulante probiótico, Terra-Sorb radicular SymBiotic®, para aplicação por fertirrigação.

Terra-Sorb radicular SymBiotic® é um produto que combina as vantagens dos prebióticos, potenciadores de microrganismos benéficos do solo que aumentam a fertilidade e saúde do solo, com as vantagens dos probióticos, aplicação de microrganismos benéficos e viáveis incorporados para colonizar a rizosfera aumentando a biodiversidade e funcionalidade do solo.

Terra-Sorb radicular SymBiotic® é um bioestimulante microbiano contendo L-α-aminoácidos de alto valor biológico e a estirpe exclusiva Bacillus velezensis PH-023. A variedade é produzida por uma tecnologia de fermentação exclusiva (Priming Tech®). A Priming Tech™ da Bioiberica é uma tecnologia de ponta para a seleção e condicionamento de microrganismos benéficos para uma agricultura sustentável. Marca um marco na capacidade de fermentação, garantindo a seleção e condicionamento de microrganismos com propriedades funcionais para as culturas. Este sistema de última geração – patente pendente – garante uma maior adaptabilidade das estirpes às condições de campo, uma vez que é aplicado com o mesmo caldo de fermentação onde cresceram, favorecendo a colonização da rizosfera. Além disso, a estirpe PH-023 foi selecionada pela sua grande capacidade de crescimento e desenvolvimento em condições de solo difíceis para a agricultura, como as encontradas nas zonas sul e leste da Península Ibérica, com elevados níveis de alcalinidade, salinidade, etc., que dificultam a correta assimilação de macro e micronutrientes pelas raízes. A estirpe Bacillus velezensis PH-023 tem a capacidade de fixar azoto atmosférico, solubilizar fósforo, produzir sideróforos, sintetizar biossurfactantes e promover a produção de fitohormonas, especialmente auxinas.

TERRA-SORB RADICULAR SYMBIOTIC® NO OLIVAL

Abaixo está um ensaio realizado numa herdade da variedade Arbequina cultivada em superintensivo com sistema de rega gota a gota aos 12 anos de idade. A adubação padrão nas duas estações anteriores ao ensaio foi de 110 UF de azoto, 50 UF de Fósforo e 180 UF de Potássio. Para a realização do ensaio, a oferta de adubos foi reduzida para 70% destas quantidades. Um tratamento Terra-Sorb radicular SymBiotic® é comparado com um controle sem entrada. As doses utilizadas foram de 10 litros por hectare e as 6 aplicações foram feitas desde a quebra da dormência até o início do amadurecimento. Os resultados mostram o aumento significativo obtido na produção de azeite em relação ao controle não tratado graças à aplicação do produto, estando também na mesma faixa da média dos obtidos em campanhas anteriores. No gráfico a seguir pode-se observar que, com diferenças estatisticamente significativas na produção de azeite, os dados são muito maiores na cultura tratada com Terra-Sorb radicular SymBiotic®.

TERRA-SORB RADICULAR SYMBIOTIC® NO OLIVAL

Abaixo está um ensaio realizado numa herdade da variedade Arbequina cultivada em superintensivo com sistema de rega gota a gota aos 12 anos de idade. A adubação padrão nas duas estações anteriores ao ensaio foi de 110 UF de azoto, 50 UF de Fósforo e 180 UF de Potássio. Para a realização do ensaio, a oferta de adubos foi reduzida para 70% destas quantidades. Um tratamento Terra-Sorb radicular SymBiotic® é comparado com um controle sem entrada. As doses utilizadas foram de 10 litros por hectare e as 6 aplicações foram feitas desde a quebra da dormência até o início do amadurecimento. Os resultados mostram o aumento significativo obtido na produção de azeite em relação ao controle não tratado graças à aplicação do produto, estando também na mesma faixa da média dos obtidos em campanhas anteriores. No gráfico a seguir pode-se observar que, com diferenças estatisticamente significativas na produção de azeite, os dados são muito maiores na cultura tratada com Terra-Sorb radicular SymBiotic®.

Também no Índice de Eficiência de Uso de azoto (NUE) é possível observar a vantagem da aplicação do Terra-Sorb radicular SymBiotic®, que basicamente indica que devido ao mesmo azoto fornecido em ambas as teses, o tratamento com o bioestimulante microbiano leva a uma melhor assimilação e utilização das unidades de fertilizantes fornecidas.

Mais informações: www.bioiberica.com

→ Leia este e outros artigos na Revista Voz do Campo: edição de maio 2024

Translate »