Maio 23, 2022

Agricultura Internacional

Imprensa especializada do setor agrário

Como pode a edição genética aumentar a resiliência das culturas?

1 min read

Alterações climáticas: Como pode a edição genética aumentar a resiliência das culturas?

A edição de genes pode ajudar a agricultura a ser mais resiliente às alterações climáticas.

Conheça cinco maneiras de conseguir isso. As alterações climáticas ameaçam gravemente os sistemas agrícolas, a segurança alimentar e a nutrição humana. Os seus efeitos já se fazem sentir e irão piorar, como garante um estudo publicado em setembro de 2021 no jornal Frontiers in Sustainable Food Systems.

Cientistas e indústria unem esforços para desenvolver tecnologias inovadoras que permitem mitigar os efeitos adversos das alterações climáticas na agricultura. É o caso das tecnologias de edição genética.

Permitindo fazer modificações nos genomas dos organismos com uma alta precisão, a edição de genes pode ajudar as culturas agrícolas a ser mais resilientes às alterações climáticas. A Cornell Alliance For Science dá cinco exemplos que passam pelo desenvolvimento de plantas resistentes à seca, a doenças e a herbicidas, e tolerantes à salinidade do solo.

Mais informações → aqui.

Translate »