Dezembro 6, 2022

Agricultura Internacional

Imprensa especializada do Setor Agrário

Princesa Amandine vai ganhando espaço no mercado português

A batata Princesa Amandine chegou ao mercado português há cerca de ano e meio e tem apostado numa aproximação ao consumidor nacional através de diferentes ações, das quais o diretor da Associação Princesa Amandine Ibéria, Jean Michel Beranger, nos faz um balanço, ao mesmo tempo que aborda também a estratégia para o futuro.

O que representa o mercado português para a Associação?

Portugal representa uma parte importante da Associação Princesa Amandine Ibérica, estando um dos nossos quatro parceiros no país (temos um em Portugal e três em Espanha).

Com um contrato de concessão de marca e produção, a produção começou em Portugal e Espanha em 2019.

Dentro da Associação Princesa Amandine, os produtores, coletores, embaladores e distribuidores trabalham incansavelmente para oferecer ao mercado uma batata que reúna todas as qualidades culinárias e gustativas que os consumidores procuram, respeitando sempre o meio ambiente e quem a produz. Uma cultura responsável e durável para uma produção eficiente (…).

→ Entrevista completa na edição de junho 2022 da Revista Voz do Campo.

Translate »