Outubro 24, 2021

Agricultura Internacional

Imprensa especializada do setor agrário

Comemora-se hoje o Dia Mundial da Terra – 22 de abril

4 min read

​​​​​​​​​​​O Dia da Terra é comemorado anualmente a 22 de abril. Este dia, também chamado de Dia do Planeta Terra ou Dia da Mãe Terra, reconhece a importância do planeta e alerta todos os habitantes para a importância e a necessidade de preservar os recursos naturais do mundo.

〈 22/04/21 〉

Este dia é hoje celebrado em mais de 190 países, com a participação de cerca de mil milhões de pessoas que manifestam o seu compromisso com a proteção e a necessidade de preservar os recursos naturais, o ambiente e a sustentabilidade da Terra.

​Neste dia, do ponto de vista educativo,​ desenvolvem-se várias iniciativas, tais como escrever frases e poemas sobre a importância do planeta, plantar árvores, separar resíduos, etc. É o dia do ano mais importante para o planeta Terra, dedicado a alertar para a necessidade de promover um desenvolvimento sustentável enquanto fator fundamental para a qualidade de vida das futuras gerações.

Este ano, o tema gira em torno da Recuperação da Terra, e é assinalado através de uma cimeira climática global convocada pela Administração do Presidente dos Estados Unidos, Joe Biden.

As comemorações do Dia da Terra tiveram lugar pela primeira vez nos Estados Unidos, no dia 22 de abril de 1970, promovidas pelo senador americano Gaylord Nelson (1916-2005), que organizou um fórum ambiental que envolveu cerca de 20 milhões de participantes.

​​Inspirado pelos protestos dos jovens norte-americanos que contestavam a guerra, Gaylord Nelson, desenvolveu esforços para conseguir colocar o tema da preservação da Terra na agenda política norte-americana.

Desde então, todos os anos, a cada 22 de abril, celebra-se o Dia Mundial da Terra, também conhecido como Dia do Planeta Terra ou Dia da Mãe Terra. De forma oficial, a celebração deste dia instituiu-se a 22 de abril de 2009, através da resolução 63/278 da Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU).

Nas próximas décadas precisamos de fazer algo sem precedentes: Conquistar uma existência sustentável na Terra.

Os educadores e professores têm um papel crucial a desempenhar no que diz respeito à ação climática. O que ensinamos é importante. Devemos inspirar alunos e comunidades a agir. A luta contra as alterações climáticas deve passar inevitavelmente pela escola e pela voz dos educadores e professores em todo o mundo.

O planeta está à beira de um colapso se não agirmos coletivamente, as escolas e os seus profissionais têm um papel determinante a desempenhar no combate à destruição ambiental, ao sofrimento humano e à perda de vidas e de bens que vão ocorrer se o aquecimento global do planeta continuar a crescer descontroladamente.

O Dia Internacional da Terra reconhece a importância do planeta e alerta todos os habitantes para a premência e a necessidade de preservar os recursos naturais do mundo.

A APOSOLO associa-se a esta celebração relembrando o valor fundamental do recurso solo. Um solo fértil garante o crescimento das plantas, fornecendo-lhes nutrientes, assegurando uma reserva de água, e sendo o substrato onde as plantas desenvolvem as suas raízes. Em contrapartida as plantas anuais, as árvores e as florestas evitam a degradação e a desertificação do solo, estabilizando-o, mantendo o ciclo da água e dos nutrientes, e reduzindo a erosão hídrica e eólica (FAO, 20151).

Dados recentes evidenciam que 33% dos solos do planeta estão moderada ou fortemente degradados, sendo as práticas de gestão não sustentáveis uma das causas (FAO, 20192). A Agricultura de Conservação como prática de gestão sustentável promotora de benefícios agronómicos, económicos e ambientais (FAO, 20213) é capaz de atenuar/minimizar as pressões registadas sobre o solo, e por isso constitui uma resposta a implementar.

A APOSOLO propõe que neste Dia Internacional da Terra lembremos particularmente os solos do nosso País e do Mundo e a urgência da promoção da gestão sustentável dos mesmos.

A recuperação da pandemia de COVID-19 oferece uma oportunidade para o mundo escolher um caminho mais limpo, ecológico e sustentável.

As celebrações deste ano, 2021, têm como mote a “Recuperação da Terra”. Todos os agentes educativos, sejam educadores ou professores, “têm um papel crucial a desempenhar no que diz respeito à ação climática.. Os alunos devem ter a noção de que é preciso conquistar, a curto prazo, uma existência sustentável na Terra. Só agindo coletivamente é possível evitar um colapso, há muito anunciado, trabalhando no combate à destruição ambiental, ao sofrimento humano e à perda de vidas e de bens que vão ocorrer se nada for feito contra as alterações climáticas.

Do ponto de vista político, o dia de hoje é assinalado através da realização de uma cimeira climática a nível global, convocada pela Administração do Presidente dos Estados Unidos da América, Joe Biden. Citando o Secretário Geral da ONU, António Guterres, “a recuperação da pandemia de COVID-19 oferece uma oportunidade para o mundo escolher um caminho mais limpo, ecológico e sustentável.”.

Translate »