Outubro 18, 2021

Agricultura Internacional

Imprensa especializada do setor agrário

Conceito inovador já está em 24 países.

2 min read

Meatless Farm quer reduzir o consumo mundial de carne, com propostas nutricionalmente ricas, sustentáveis e acessíveis à base de plantas

〈 26/02/2021 〉

Morten Toft Bech, fundador da Meatless Farm.

A história é recente, mas meteórica. Morten Toft Bech, um empreendedor dinamarquês, quis desenvolver um substituto de carne animal, usando ervilhas, arroz e outras proteínas vegetais, cuja textura e sabor fossem verdadeiramente convincentes. Morten e a sua família estavam empenhados em mudar o seu estilo de vida, contribuindo para uma solução ambientalmente sustentável. O projeto começou com o picado (similar em aspeto à “carne picada”), alargando-se aos hambúrgueres, nuggets, salsichas, almôndegas ou mesmo bifes panados. Na verdade, Morten não é anti-carne ou pró-vegan. Tem como objetivo reduzir o consumo mundial de carne em 50 por cento, sendo que os seus produtos usam 90 por cento menos terra e 70 a 80 por cento menos água, contribuindo, assim, para a biodiversidade.

De uma ideia quase utópica, conseguiu em dois anos ter o produto final para entrar no Reino Unido, através da cadeia de retalho Sainsbury’s. A partir daí o crescimento foi exponencial. Hoje vende em 24 países, tem sede na Holanda e cerca de 100 colaboradores entre Europa, Singapura e EUA. Em outubro de 2020 levantou 25 milhões de euros para alavancar o seu plano de expansão, estando atualmente em curso um plano de angariação de fundos na ordem dos 61 milhões de euros. No início de 2021, a Meatless Farm aposta em Portugal, onde já comercializa em plataformas como a Easygreen (www.easygreen.pt) e brevemente no Recheio MasterChef (Caterplus), apoiando-os na diversificação da sua oferta.

 A marca pretende uma rápida expansão através da grande distribuição, apostando nos valores da sustentabilidade e equilíbrio do meio ambiente. Para a Meatless Farm esta não é uma tendência. É um movimento, que transforma a empresa numa das mais interessantes e relevantes da década neste setor e líder na dinamização da nova economia alimentar mundial. Os produtos Meatless Farm permitem uma dieta equilibrada, nutricionalmente rica, forte em fibra e com baixo teor de colesterol, açúcar, sal e gorduras saturadas.

Para Morten Toft Bech, “este é um caminho irreversível, porque o mundo não pode continuar a insistir em hábitos de consumo que o destroem”. E acrescenta: “Não precisamos de ser fundamentalistas para inverter o nosso caminho. Precisamos de dar os passos certos e responsáveis na forma como consumimos e produzimos aquilo que comemos. 

Translate »